SE VOCÊ PENSAR, VAI DESCOBRIR QUE TEMOS MUITO A APRENDER.

Muitíssimo bem-vindos amigos!

Muitíssimo bem-vindos amigos!

luciene felix lamy

luciene felix lamy

Meu Insta

Desfrute-o com vagar: há + de CEM artigos entre filosofia, literatura, mitologia, comédias e tragédias gregas (veja lista completa logo abaixo, para acessar clique sobre o título).

ELEITO UM DOS MELHORES BLOG'S NA WEB. Gratíssima por seu voto amigo(a)!

Opinião do Leitor

Transcrevi abaixo alguns comentários postados ou enviados por e-mail (mitologia@esdc.com.br). Desde 2013 não tenho mais atualizado os comentários recebidos por pura falta de tempo. E também porque a "vanitas" (a glória vã) arrefeceu. 

Abs,

luciene felix




Querida, seu espaço virtual está belíssimo, uma verdadeira biblioteca ilustrada. Parabéns pelo bom gosto na escolha das telas e pela iniciativa de introduzir uma interatividade entre os frequentadores do blog. Um beijo e sucesso. (anônimo).
Li todo o artigo e estou mais inteirada sobre o séquito de deuses que a seguem por todos seus textos! Já estou me sentido mais íntima deles, todos! Beijo de sua fã, Gean.
Eminente Professora Luciene Felix, Outra vez a parabenizo. Agora pelo seu "A Família - Parte II". Gostei muito do artigo que me fez lembrar também de Turgueniev (Pais e Filhos), Balzac (O Pai Goriot) e Tolstói (sua própria vida e Anna Kariênina). E a vida segue imitando a arte! Cordiais Saudações. Luiz Henrique Martins Portelinha Juiz de Direito.
Eu não canso de dizer que sou teu fã, Lu. Não apenas pela evidente erudição e profundo conhecimento daquilo que te propões a tratar, mas, também, pelo zelo carinhoso com que dedicas a compartilhar tão bela obra. Teu blog é um deleite para os olhos e para a alma. Tornou-se para mim, não simplesmente um excelente site para visitar e ficar a par das atualizações, mas uma fonte de referência e consulta. podem me chamar de bajulador se quiserem, para mim nem toda seda do mundo é suficiente para ser "rasgada" diante de ti. Parabéns pelo blog. Abraço carinhoso, Leo.
Simplesmente incrível seu outro blog das imagens, que termo melhor descreveria o que senti ao acessa-lo, catarse ou nirvana?! Beijos, Alan.
Muito bom seu blog, não merece estar entre os 100 melhores, merece o prêmio de melhor! Beijos.
Prezada Luciene Félix, Boa tarde. Sou estudante de direito na UFJF e gostaria de lhe parabenizar pelo artigo "Os Sete Pecados Capitais" publicado no site "Jornal Carta Forense", se não me falha a memória. Agradeço desde já e, Parabéns mais uma vez! Atenciosamente / Best regards, Eng. Sávio Silva Jardim.
(...) leio seus textos até o fim ( o que não é pouco, pois sou leitora indisciplinada que só ler o que dá prazer, o que desperta um interesse vívido!..rs), fico um pouco 'intimidada' em comentar! Mas adorei a avalanche de textos, já li quase metade do total. Gean.
Prezada Luciene, Como é bom saber que existem trabalhos como esse seu! Parabéns! Conforme tua instrução estou me cadastrando para receber seus artigos. Um grande abraço. Jorge Moré Jr.
Como sempre um artigo com tua marca Lu, bem escrito e bem fundamentado! Beijo a ti. Eustáquio.
Estava eu, olhando a pagina principal desse portal, e observando as fotos de capa dos membros. Dei com tua foto e a curiosidade me pegou. Gostei demais de teu blog e estarei sempre o acessando! Abraços! Eurípides.
É sempre gratificante ler os seus trabalhos publicados, seja na Internet, seja em jornais jurídicos. Parabéns e obrigada. Maria da Glória Perez.
Srª. Luciene Félix, Li a sua matéria da Edição de março do jornal Carta Forense, intitulada "Os Sete Pecados Capitais". Está ótima. Parabéns. Seu blog já está em meus Favoritos. Moacir Antônio.
Dra. Luciene, boa tarde. O texto sobre os pecados capitais... Devo dizer que seu artigo foi a mola propulsora para que eu realmente passasse a me descobrir. Bjs, Daniele.
Bom dia! Professora Luciene, ADORO seus textos! Seus textos são dos melhores que já li, são ensaios,... Sei lá... Encantadores e cheios de conteúdo... Aliás, é impressionante como alguém pode por tanto conteúdo numa forma tão harmoniosa. Meu nome é Augusto, formado em filosofia e estudante de direito, ok? Forte abraço...!
Lendo artigos na carta forense, inteligentemente ressalta-se a filosofia, questionamentos usados no dia a dia de nossa atuação jurídica. Parabéns! Seus artigos diante da técnica científica terá preferência nas minhas citações processuais. Abraços e feliz páscoa. Antonio Cursino.
Querida Lu, Deusa Esperança ou Tyche (a Deusa Esperança dos Gregos). Você é um Coquetel de Deusas (saber, beleza, sensualidade, esperança, amor, grandeza humana) e o seu blog nos faz muito bem. Abs. Paulo de Oliveira.
Cara Luciene, Parabéns pelo seu brilhante artigo "Amor Líquido", veiculado em "Carta Forense". Além de Procurador de Justiça aposentado, tenho formação filosófica, sou jornalista e autor de vários livros publicados. Abraço do Gilberto de Mello Kujawski.
Olá querida Escrevo para dizer que apreciei muito os textos enviados, o que mais gostei foi aquele acerca dos pecados capitais (enviei aos amigos e até ao meu terapeuta). Parabéns pelo que escreve, pela forma como o faz e obrigada por tudo isso. Patrícia Cobianchi Figueiredo.
Prezada Luciene, Como é bom saber que existem trabalhos como esse seu! Parabéns! Conforme tua instrução estou me cadastrando para receber seus artigos. Um grande abraço. Jorge Moré Jr.
Querida Lu, Você não tem ideia de como amei o seu artigo sobre o Amor Líquido. Fico muito orgulhosa de você Lu, você escreve maravilhosamente bem. Deus lhe abençoe sempre querida, você e sua família. Bjs da Helo.
Cara Professora, repassei o seu artigo para os magistrados catarinenses, com o seguinte texto: "Caros colegas, repasso-lhes a oportuna reflexão da culta Professora Luciene Felix, cujos artigos sobre filosofia e cultura em geral são um convite ao saber." Mais uma vez, parabéns pelo seu trabalho! Luiz Henrique Martins Portelinha.
Boa tarde Luciene, Passei pelo seu blog (é mais uma obra!) e só não naveguei mais por falta de tempo... Mas, aos poucos pretendo conhecê-lo melhor. Parabéns e não é à toa que fora premiado. Um abraço Andréa Zamaro.
A Paz Professora Luciene Felix! Tudo bom professora? Perdão pelo incômodo, mas você tem mais um fã que sou eu. Sou o Rodrigo, tenho 25 anos, sou formado em Direito pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Minha pergunta é: Como faço pra ter apenas 2% da sua inteligência? E possível eu adquirir isso? Quanto tempo a senhora estuda por dia? Ficaria muito feliz com sua resposta. Fique com Deus, Rodrigo.
Muitíssimo obrigado! A senhora inspira muitas pessoas glorifico aos céus por sua vida. Mulher mais inteligente do que a senhora, eu não conheci. Beijos.
Prezada Profª. Luciene Felix, Sem parafraseamentos, sua escrita foi extremamente 'feliz' pela clareza e erudição, Atenciosamente, Prof. Dr. Pe. Pedro Paulo Alves dos Santos Pós-Doutorando em Estudos de Literatura - PUC-RIO Doutor em Teologia Bíblica - PUG - Roma (1997) Doutor em Estudos Literários - PUC - Rio (2006) Professor do Programa de Pós-Graduação do departamento de Teologia -PUC-RIO (1997-2003) Editor Brasileiro da Revista 'Communio' (2002-2006). Avaliador do MEC/SINAES (2006) Assessor Científico "Ad Hoc" da EDUEL Membro da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos. (SBEC) Membro da Associação Brasileira de Literatura Comparada.(ABRALIC) Faculdade de Letras - UNESA (Estácio de Sá).
Fiquei encantada com o texto, cuja redação revela um enorme poder de síntese da autora. Parabéns! Iara Menezes Lima.
Cara Profª. Luciene, Li seu texto no periódico "Carta Forense" e adorei! Sou promotor de justiça há 7 anos aqui em SP e confesso-lhe que existem vários "colegas" de profissão, e também juízes, que se assemelham em muito com Ivan Ilitch, infelizmente. E, nos dias de modernidade, acho que isso é o verdadeiro mal do século, a verdadeira doença invisível, como já disse Nietzsche nas linhas do Zaratustra (adoro esse cara!). Obrigado por me informar e pelo texto precioso! Abraços e sucesso! Gilberto Peixoto.
Estou vendo que logo-logo você terá um fã clube no Ministério Público. Parabéns! Beijos, Paulo.
Cara Luciene Félix, Li com muita atenção seu artigo no jornal Carta Forense. Sou do Ministério Público e presido a CONAMP - Associação Nacional dos Membros do Ministério Público, entidade que os representa no país. Confesso que foi uma leitura extremamente agradável e me fez relembrar o livro que li com muita atenção há quase vinte anos passados, quando era estudante de direito. O que mais me chamou a atenção foi a forma magnífica da narrativa, onde transcende a dura e cruel realidade de muitos "Ivans" que existem na magistratura e no Ministério Público. Já li "A morte de Ivan Ilitch", mas se não tivesse lido, sua narrativa impressionante me autorizaria discutir a trajetória de vida do protagonista. Parabéns mais uma vez. Um forte abraço. JOSÉ CARLOS COSENZO.
Prezada Professora Luciene, Sexta-feira, 19:40 horas, ainda estou em minha sala no fórum de Florianópolis, onde exerço a mesma função que fora de Ivan Ilitch. Antes de ir-me abro o Carta Forense, folheio-o passando rapidamente os olhos sobre os escritos jurídicos e repentinamente sou atraído pelo seu texto. Leio-o e delicio-me com os seus comentários sobre o profundo e maravilhoso livro de Liev Tostói. Parabéns. Luiz Henrique Martins Portelinha, Juiz de Direito.
Parabéns, Professora Luciene Felix pelo artigo a respeito do "ethos" publicado no jornal Carta Forense. Além de interessante, demonstrativo de toda uma cultura a respeito do tema, é de fácil e agradável leitura. Sou promotor de justiça aposentado recentemente, advogado e professor de processo penal em graduação e pós-graduação e, portanto, sinto-me credenciado e à vontade para tecer tais elogios ao seu trabalho. Parabéns! Publique mais e nos brinde com seu profundo saber. Eudes Quintino de Oliveira Júnior Abraço.
Boa tarde Luciene! Gostei muito do seu artigo e a partir dele, algumas reflexões surgiram. Fundamentada na visão sistêmica, a realidade sempre passa pela visão do observador, portanto não há uma verdade única e é com este pano de fundo que escola e família se fortalecem na parceria... Um abraço Rosa F. Ignarro Elias Orientadora Educacional Colégio Sion.
Sempre é bom saber que ainda tem indivíduos que escrevem e acreditam na filosofia de Kierkegaard. Parabéns, Edgar.
Olá Professora Luciene, Tudo bem? Sou estudante de direito da cidade de Joinville SC e li um artigo seu sobre a Antígona: muito bom. Jeniffer Ferreira Harger Advogados Associados.
Prezada Luciene, Sou advogada e estudante de Filosofia, estou no 1º. semestre do curso na PUC-SP. Por coincidência visitei o site da ESDC para saber sobre uma palestra na área jurídica que me indicaram, até então desconhecia a ESDC. Foi quando então avistei no site os textos de filosofia. Li alguns, e após visitei seu blog. Fiquei encantada com seu blog, com os textos, e as imagens, parabéns! Cordialmente, Karolynne de Souza.
Professora Luciene, Gostaria de parabenizá-la pelo esclarecedor artigo "Sartre: O inferno são os outros"! De fato, os temas "má fé" ou mesmo nossa "condenação à liberdade” tão banalizada quando se fala na filosofia sartreana, só me ficaram claros ao ler seu artigo. Gostaria de acessar outros trabalhos seus, sobretudo o artigo já publicado versando sobre a filosofia de Sören Kierkegaard! Antecipadamente grato pela atenção subscrevo-me, José Ernesto Furtado de Oliveira Promotor de Justiça em São Paulo e Professor Universitário.
Cara Professora Luciene Felix: 1. Parabéns pelo excelente artigo "Sartre: "O inferno são os outros"", publicado na edição de fevereiro da Carta Forense. Você fez uma explanação clara, sóbria e, ao mesmo tempo, rica de ensinamentos, que me despertou intenso desejo de voltar a estudar Filosofia. Atenciosamente, Sérgio Peixoto Camargo. Promotor de Justiça.
Luciene, O MP te adora hein! Recebem gratuitamente o jornal através da parceria que nós temos com o Ministério Público. Abraços, Paulo.
Bom dia Dra. Luciene Félix, Envio-lhe este e-mail para lhe cumprimentar pelo interessante e erudito artigo publicado no jornal "Carta Forense", pg.52, intitulado Parmênides, Heráclito e a Caixa de Pandora - "o eterno, a mudança e a esperança no porvir". Aceite minhas cordiais homenagens, Deus te abençoe. Luis Dias Fernandes. Promotor de Justiça - SP.
Olá, Luciene, Sou leitor do jornal Carta Forense, que sempre traz artigos interessantes, na coluna filosofia. Porém, poucos artigos foram tão bons quanto o último que você escreveu: "Charles Baudelaire e os paraísos artificiais". Uma matéria realmente rica. Abraço. Rodrigo Ortolá.
Pelo excelente texto "Discurso da Servidão Voluntária" da Professora Luciene Félix, gostaria de autorização para enviá-lo na íntegra a algumas pessoas, pelo fato de ser um sábio texto e que merece ser conhecido por todos aqueles que necessitam do conhecimento. Atenciosamente, Reinaldo.
Lu(x)ciene, "Os verdadeiros prodígios são extremamente raros para que nos esqueçamos de assinalar quando temos a oportunidade de ver um.” (Friedrich Von Grimm). Seu blog é um dos 100 melhores? Para mim é o melhor dentre os que conheço. É um caleidoscópio encantado. Mosaico de ideias, cores, cultura, arquitetura, doçura. Um forno alquímico a me fornecer o pão diário que vem alimentando minha "anima". Já está incorporado a minha liturgia cotidiana. Leitura, deleite e meditação. Seu blog deixa um geminiano atordoado. Beijos.
Espero que esteja bem e gozando de muita Paz! Escrevo-lhe para parabenizá-la pelo vídeo: "Origens da Religião e Pólis Grega". Sou estudante de Filosofia, 6º período de graduação, pelo UNIFEG – Guaxupé - MG. É uma ótima iniciativa não só para alunos do curso de direito. Apoio sua iniciativa e faço votos que estenda esse projeto e a sua divulgação. Um forte abraço! Thiago Azevedo.
Luciene, obrigado pela bela leitura que me proporcionou. Aprecio muito seu estilo e a cadência que imprime às suas ideias. Você faz uma análise com simplicidade de um tema profundo, que, inicialmente, afastaria qualquer pensador de tal exercício. Gosto muito de suas colocações etimológicas, traduzindo sempre a atualidade do assunto. Abraços e muito sucesso. Eudes Jr.
Querida Luciene! Fiquei muito gratificada ao ler o seu blog. É simplesmente encantador traduzido em magia e sabedoria. Obrigada pelos momentos verdadeiramente gratificantes que me proporcionou. Um amor tão digno que participamos como coadjuvantes! Que os deuses nos protejam! Abraços a você, Marcelo e filhos! Profª Esther Bueno.
Cara Luciene, Gostaria de lhe parabenizar e agradecer profundamente o envio do seu artigo. Lembrar-se do Prof. Décourt e dos seus ensinamentos dignifica as pessoas, pois não há dúvida de que o Prof. Décourt, além do seu conhecimento médico e humanístico foi uma das pessoas mais dignas que temos conhecimento. Parabéns por sua carreira. Grande abraço, Pablo Pomerantzeff (InCór).
Bom dia Dra. Luciene. Sou Advogado, tive a satisfação de ver seu site (blog), tem um vasto repertório sobre Filosofia e Mitologia para quem quer se aprofundar no conhecimento humano, razão pela qual a parabenizo por transmitir informações e conhecimentos sem visar lucro. Atenciosamente, WILTON SEI GUERRA.
Bom dia Luciene. Descobri seu blog no Jornal Carta Forense, quando da leitura da matéria intitulada "O mercador de Veneza". As atitudes e solicitudes como as suas, contribui para que leve as pessoas a se interiorizar mais e abrir as portas para a Espiritualidade. Tenha um ótimo dia. Abraços.
Professora, Descobri seu blog hoje, de forma aleatória, no Google. Mas, tchê! Como é lindo. E profundo, e literário. Estou aqui agora, bebendo minha sede nele. Cada post é uma história completa sobre a humanidade. Um grande abraço, Pedro.
Gostei muito de ter encontrado esta página, pois sou estudante e também adoro filosofia, sociologia, então é sempre bom encontrar material de boa qualidade pra ler e fazer trabalho. Edilene Francisco.
Prezada Profª. Luciene Felix, Sem parafraseamentos, sua escrita foi extremamente 'feliz' pela clareza e erudição. Atenciosamente, Prof. Dr. Pe. Pedro Paulo Alves dos Santos.
Excelente exposição da obra. Mas, além da discussão que fizemos, ainda restou falar sobre os "valores" que o protagonista possui sobre o fator "Vida" e "Patrimônio"; ele cometeu latrocínio, (matar para roubar) corrompeu seu mundo ordinário, enquanto o produto do roubo que fez, não pôde utilizá-lo. São valores distintos, onde o primeiro tem maior valor, contrariamente definido pelo infrator (Dostoiévski). Beijos, Parabéns! Ivan Veríssimo.
Oi Luciene, O que poso dizer diante de texto tão maravilhoso? Tô me sentindo “pititiquinho”. Mas sem brincadeira mesmo, está lindo o artigo. Puxa, fiquei tentado a postá-lo na comunidade de psicanálise que debate pedofilia, mas jamais faria isso sem sua prévia autorização. Receba meus parabéns! Te admiro muito mesmo. Sou seu fã! Pedro Gobet.
Gostei muito da fluência observada nesse texto e gostaria de pedir alguns outros referenciais que possam me auxiliar nessa tarefa, que resumidamente é demonstrar que ainda hoje o exercício do Direito, a despeito de todos os esforços, ainda conserva a comunhão entre a justiça e as classes dominantes. Muito obrigado! Murilo Andrade.
Cara Luciene, Eu achei teu texto muitíssimo inteligente; pensado, embasado, lúcido e profundo! Parabéns! Yolanda.
Obrigada Profª. Luciene... Que Deus lhe abençoe enormemente, e que os Deuses nunca deixe o seu brilho se apagar. Beijos... Beatriz Borges de Oliveira.
Prezada Profª Luciene Tenho acompanhado seus artigos na Carta Forense. Considerações, Antonio C.Branchi Professor de Filosofia, último semestre de graduação - IPA METODISTA - PORTO ALEGRE.
Prezada Profª Luciene, Penso, acompanhando teus textos anteriores que, eles possuem uma particularidade essencial naquilo que se espera de uma leitura didática: uma síntese bem estruturada de informações e ideias. (Anônimo).
Segundo o meu entendimento pelo estudo da filosofia espírita, toda a Mitologia Grega, são grandes lições apresentadas à humanidade de forma poética, a fim de sobreviverem aos tempos e terem os seus significados interpretado conforme os parâmetros de cada época, e tu 'Lu' consegues na atualidade, ministrar essas verdades com naturalidade, suavemente, sem alarde, sem imposição, sem ser falseada e sem perder a força de sue conteúdo, e além disso, tens uma disciplina e vigilância rígida na arte de falar. Parabéns minha jovem amiga. Osvaldo Ardana.
Luciene, Durante o tempo em que estudei na ESDC fiz os dois cursos que você ministrou com brilhantismo na ESDC e que acrescentaram muito para minha formação pessoal e profissional. Admiro-te como profissional e principalmente como pessoa. Sinto falta do pessoal da ESDC de nossas conversas foi realmente dois anos de muito aprendizado e bênçãos em minha vida, e uma dessas muitas bênçãos foi estudar na ESDC e te conhecer. Saudades. Lucimari.
Luciene, Li seu artigo "Qual a instância da alma (psyché) que nos incita a guerra?" Adorei! Sou Giuseppe Trigueiro, Advogado com pós graduação e, provavelmente, voltarei a estudar no curso de letras clássicas pela UFB. Amo filosofia, astrologia, sociologia, direito internacional, economia. Atenciosamente, Giuseppe.
Caríssima Luciene Felix, Saudações! Sou mestrando em ciências da religião. Navegando por aqui, encontrei o seu artigo Darwin, Nietzsche e Freud - Deus está morto? Li, e achei muito bom, assim decidi escrever para parabenizá-la. Também sou interessado em mitologia (atualmente estou estudando os mitos modernos, principalmente os relacionados à Justiça, sendo que tratei de um deles em minha Dissertação de Direito), Agostinho, Nietzsche, Freud, Adorno etc. Até mais, Ivan de Oliveira Silva.
Oi minha linda! "Enquanto o Sol, na física, define-se friamente como sendo uma massa de Hidrogênio em fissão nuclear que se transforma em Hélio". Não é fissão! É fusão! Hidrogênio pesado, se combinando e formando Helio. Fissão é a quebra de átomos por nêutrons com a liberação energia através da equação E = mc2. Tudo o que você escreve é maravilhoso! Antonio Gomes Lacerda, professor de Física.
Falando em “Autodomínio e Falso Autodomínio”. Tudo que esta estruturado em bases frágeis, pode desmoronar a qualquer momento e sob qualquer emoção inesperada. Mais uma bela reflexão você nos traz, Lu. Celeste.
Querida Luciene, Gostei muito da sua resenha. Dostoiévski é sempre um “inquietante refrigério”. Entre aspas um singelo paradoxo que é compreendido pela apreciação cuidadosa da obra. Ela é inquietante por que convivemos com os profundos conflitos, descritos de forma sublime pelo autor, do protagonista. Ela é um refrigério, pois aponta para uma réstia de luz em meio às trevas de uma sociedade sem ética natural. E você... Como sempre, merece os mais rasgados elogios. Como sempre, sou agraciado com seu brilhantismo. Leo.
Magnífico seu texto, com certeza ''os deuses'' assumem sua mente e sua caneta quando escreves. Tens uma santa intuição. Abraços, Osvaldo Ardana.
Cara Luciene, Gostei da explanação sobre o respectivo voto. Se faz mister, dentro de minha profissão: Advogado. Obrigado. Lucio Viana.
Cara Luciene, Boa tarde! Estive lendo seu texto sobre o narcisismo no mito grego. Deixo meu abraço de admiração e afeto. Virgínia Fulber. Novo Hamburgo - RS.
Querida Luciene, Parabéns pelo belíssimo artigo! Vai direito ao centro, para pessoa e para a sociedade. Um abraço, Alessandro Santoro & Lívia Lanfranchi.
Luciene Entre tantas belas surpresas desse nosso destino. Estar aqui é uma delas. Encantei-me, alimentei, rememorei momentos belos dos mitos, esses, tão importantes para nosso crescimento. O ser humano não vive sem seus arquétipos, e mais, ao aprendermos a despertá-los em nosso consciente, reformulamos muitas formas de olhares. Aprendemos o que é superação. Lindo seu espaço. Elegante, Informativo e, além de tudo, Acolhedor. PARABÉNS! Deixo-te além de meu carinho e desejos de muita luz em sua caminhada, as bênçãos de nossa Grande Mãe! NAMASTÊ!
Artigo "Exploração das ninfetas": Há pouco descobri os textos de Luciene Félix, e realmente fiquei fascinado com sua expressão, tanto oral quanto escrita. Profissionais assim, inteligentes e sedutores é que deveriam ter mais espaço na grande mídia, pois são capazes de estimular os bons valores de nossa cultura. Parabéns e obrigado, Claudenir Gonçalves.
Doutora Luciene, Estava eu, como de costume, curtindo minha solidão comigo mesmo quando fui tomado por uma epifania. Antes de qualquer coisa, sou uma amante da Filosofia e, por extensão, da Mitologia (Amo Nietzsche). Em meio a muita lama e areia - e esse é um dos muitos lados obscuros da internet - cheguei até o seu blog, ao pesquisar sobre a Deusa Areté. E fiquei encantado. Quantas reflexões! Quão "febril" deve ser sua mente! Sim, ainda existem híbridos de Ártemis com Atena. Gostei muito do seu olhar. Raios fulminantes de luz. Ganhaste um fã. Ad Libitum. Caio "Ubermensch".
Achei esplêndido o artigo sobre a obra CRIME E CASTIGO de Dostoiévski. Os pontos abordados elucidaram bem a perspectiva do autor russo e tornaram compreensível essa pérola da literatura universal. Adilon Leal Dias.
Cara Luciene Félix, Sou estudante de Direito e fico feliz em ler textos como este, não que este seja um tema feliz, mas, por este assunto estar tão perto de nós, e mesmo que talvez não estejamos passando por isso, eu sinto dentro de mim uma dor profunda por estas crianças que acham ter um lar seguro, parentes e amigos confiáveis, e descobrem estar sós diante da maldade e covardia. É muito fácil dizer que todos que praticam estes atos tenebrosos são doentes mentais, concordo que existe um desequilíbrio, mas que também age na índole, na vontade de fazer algo para satisfazer sua ânsia de poder, descarregar em alguém sua raiva e suas frustrações. Um abraço da Etel Lopes Teresópolis, RJ.
Querida, Lu. Como é bom passar pelo seu blog com bastante tempo. Atualizei minhas leituras. Gostei muito de ler os elogios apaixonados dos teus seguidores, só quero assinar em baixo de todos. Beijos, Leo.
Um texto ótimo para reflexão, Luciene. Conheci idiotas que obtiveram resultados positivos e, soberbos que fracassaram. Como sempre, está de parabéns. (anônimo).
Cara Luciene, o conteúdo do seu blog detém conhecimentos relevantes para os atuais dias. Filosofar deveria ser uma prática para quem vive nesse miserável mundo. Abraço! Ronaldo Pereira de Lima.
Eu adoro tudo em seu blog. Seu bom gosto no layout (é assim que se chama?) é indiscutível. Obrigada! Rosário.
Seu blog é uma delícia... Passeio por ele sempre que posso. Parabéns! Marcella Lanner Carvalho.
Adorei o texto, é um texto perfeito que foca a realidade do ser humano. Meus parabéns! Francisco Marcos Gonçalves.
Fiz minha monografia em Kierkegaard já faz algum tempo. Agora resolvi retomar meus estudos sobre o autor. Gostei muito do artigo sobre os estágios na obra deste autor. Parabéns... Heronilse Santos Leão.
Colocações de sabedoria ímpar. Pesquisando pós graduação nesta página fiquei feliz em encontrar coleção tão digna de ser visitada, e que me impulsionou a revisitar a filosofia à luz dos anos que me separam da formação acadêmica. Grata. Suzete Celi Rissio.
Descobri hoje o seu Blog, digamos que é uma fonte de cultura clássica acachapante e arrasadora que exige mil retornos e aprofundamentos diante de tal cabedal de conhecimentos. Isaias Malta.
Continue nos brindando com seu conhecimento, Lu. Parabéns! Luciene de Morais.
Luciene passei para conhecer seu blog ele é nota10, show, espetacular desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família Um grande abraço e tudo de bom. Rodrigo Rocha.
Querida, Amei teu blog. Amei as imagens, amo o Waterhouse. As esculturas: O rapto de Perséfone e Eros e Psiquê as vi ao vivo. A primeira na Galleria Borghese em Roma e a segunda no Louvre, em Paris. E são magníficas, assim com as histórias que as inspiraram e que você traz aqui. Parabéns! Beijos, Daniela Scheifler.
Excelente artigo. Vou utiliza-lo, com a devida citação da fonte, nas minhas aulas. Sou professor de história e essa obra é exigida pela UnB. Gilberto Assis.
Luciene, Estou impressionada com o seu blog de gosto irreprovável! Parabéns! Beijos da Ben.
Eu me interesso bastante por filosofia e estou sempre por aqui desde que descobri o seu blog. Beijos, Zamba.
Luciene, Gostei muito da sua análise sobre os pecados capitais. Interessante a Igreja católica fazer essa seleção de pecados quando o texto bíblico não faz uma escala nem decrescente nem ascendente de pecados. Fabiana.
Bebi na dialética hegeliana para embasar o meu trabalho de pós que aborda as mazelas da sociedade brasileira. Foi muito bom ter lido aqui uma explicação palatável sobre a fenomenologia, apesar da obra homônima de Hegel não sê-la. Isaias Malta.
Oi, Luciene, tudo bem? Lendo o teus textos me dá uma tremenda saudade das minhas aulas de Filosofia. Essa é a ponte sobre a qual te falei: essa "tal realidade" e o estudo da Filosofia. É algo que abrange a intuição, o nosso cotidiano, as nossas escolhas. Sem esses pensadores e sem vocês, professores, como aprenderíamos? Beijos! Gisela.
Você está REALMENTE CADA VEZ MELHOR. IMPRESSIONANTE! AMEI E MAIS UMA VEZ ME PROVOCOU! Por isso gosto dos teus textos, porque me provocam. Um beijo. Renata Álvares Gaspar Diretora do CEDIC.
Após a leitura de alguns artigos sobre "Hannah Arendt" me deparei com este que me fez compreender de uma forma mais objetiva o enfoque da questão PERFEITO!! Daniel Rodrigo Benites.
"A única condição do conhecimento de si mesmo é a confissão das intenções ocultas..." - Lu! Concordo com você Lu, não há outra maneira de amadurecer que não seja assumir nossos atos, pedir perdão pelos nossos erros e nos amar cada vez mais para amar e respeitar o nosso próximo. Beijo grande da Sandra Kfouri.
Sobre o mito da deusa grega: Um texto muito profundo e altamente técnico. Realmente, apreciar o que você escreve é muito prazeroso. Parabéns por mais esta obra de arte, Henriques Jr.
Paragem pelo seu blog, tudo é lindo: você, as palavras que escolhestes, as imagens divinas. Cada dia você se supera com tantos assuntos maravilhosos. E e J.
É uma felicidade ter em mãos um artigo como este, bem ordenado, bem escrito, simples, mas não simplista. Este artigo é uma importante contribuição a que pensemos, cada vez mais, os rumos que tomamos na apreciação – ou não – das coisas essências, e, o perigo que incorremos ao valorizar demasiadamente aquilo que é transitório. Parabéns por esta iniciativa. Carlos Eduardo Bernardo.
Olá, Lu. Visitar este blog é sempre um deleite intelectual e uma razão a mais para continuar me alimentando neste banquete filosófico que sempre nos oferece a autora. Grande Abraço. Leonardo.
Oi Luciene! Tenho muito interesse pela Filosofia, confesso que sou muito ignorante nesse vasto universo, mas vejo que você pode ser uma boa oportunidade para conhecer mais. Estarei aqui sempre. Beijos, Ana Laura Rabello.
Luciene, vim ao seu blog instigada pelas suas observações riquíssimas no blog da Consuelo. Adoro filosofia e mitologia, seu blog foi uma linda surpresa. Parabéns. Danielle.
O Mito da Medicina! Você sempre se superando. Parabéns! Mario Cesar Silva.
Maravilhoso como sempre! E para mim, pessoalmente, muito oportuno. Beijos, Luciene e, por favor, não pare jamais de escrever estas preciosidades. Profª Drª Renata Álvares Gaspar.
Luciene, Achei muito interessante seu artigo, vou ler com mais calma e aprender. Então, não sabia que tinha trabalhado com pessoas tão fabulosas, que aprendizado de Humanidade, hein? Bjs. Isabel Gijon.
"Se você pensar vai descobrir que temos muito a aprender...". Logo quando vi esta frase em seu blog imaginei que aqui é um ótimo lugar para se visitar sempre. Parabéns pelo blog, já estou seguindo. Um abraço! Bruna Camargo.
Prezada Profª Parabenizo-a com louvor! Quantos textos maravilhosos a nossa disposição! Folgo em saber que ainda existem pessoas valorosas no meio forense que ainda cultivam os prazerosos hábitos da escrita e leitura filosóficas. Soma-se a isso a iniciativa de disponibilizar os textos graciosamente, expondo-os a comentários, demonstrando humildade científica. Um grande abraço e continue assim. Rodrigo Barros.
Olá Lu! Parabéns pelo Blog! Descobri pelo Kleber S. Gosto muito desses assuntos e suas aplicações em nossa vida cotidiana. Cada dia mais se faz necessário esse tipo de diálogo para apaziguar esse mundo rápido, áspero e ao mesmo tempo, fantástico! Agora sou seguidor e aguarde muitos comentários!  Muito prazer em conhecer! JCW. PS: aproveito a oportunidade de compartilhar com você uma frase que gosto muito: a receita de uma vida feliz - "Adiciona um pouco de loucura a sua sabedoria" Horácio - Sec. I.
Olá Luciene, Estou aprendendo um tanto por aqui, e o que é melhor, de uma maneira fácil de entender, parabéns por manter um espaço tão importante. Abraço. Cesar.
Visão exorbitante neste espaço, assuntos deste modo dignificam a quem quer que analisar neste blog! Realiza maior quantidade de este sítio, a todos os teus leitores.
Oi interessante este blog está muito organizado. Boa pinta. Adorei Continua deste modo.
Mito da deusa grega: Ótimo Texto. Muito bem escrito, e fácil de entender, além de possuir várias ligações com o dia-a-dia, e alguns toques de "autoajuda". Continue assim. Parabéns mais uma vez.
From: aris@olimpo.edu to: lufelix@blog.com embora a chuva tenha atrapalhado minha banda larga, não poderia deixar de cumprimenta-la pelo excelente blog com temas relevantes, sinto-me bem representado aqui pelas ideias e temas explorados, continue sempre assim! At.t Aris. Parabéns!
Lu, Você, como sempre fantástica!! Clara e didática! Parabéns! Bjs, Luciana Berardi.
Fiquei feliz de ter descoberto seu blog, inteligente, didático, sério, mas sem frescuras. Pretendo me aventurar mais no que o blog oferece. Obrigada! Ana Lucia.
Belíssimo texto, com certeza me faz refletir um pouco mais sobre a realidade, se é que é a realidade de verdade. Muito prazer! Beijão, Telma Guedes.
Dizer que simplesmente apreciei é pouco. Como te é usual, abordaste o âmago do problema com pertinência e clareza. Realmente, é uma questão polêmica. E sabes que, guardadas as proporções, é cotidiana na lide dos escritórios de advocacia. Tanto envolvendo a exacerbação da sexualidade quanto um aparente descaso com a estrutura familiar ou as relações conjugais. O que mais gostei foi que abordaste a problemática sem pieguismo e mostraste, simultaneamente, que a Filosofia serve de base também para lidarmos com as realidades da vida. Justamente por isso, ficou um precioso trabalho. Amanhã será objeto de análise na minha equipe. Muito obrigada e que Deus te acompanhe, Adrianne Antony Gonçalves.
Oi Luciene, Mais uma vez você nos brinda com artigos muito profundos. Parabéns! Ainda não perdi a esperança de te ver aqui em Porto Alegre. Beijos e muitas felicidades pra você e sua família. Marcella Carvalho.
Bom mesmo e ter pessoas que vão direto ao assunto com palavras inteligíveis mostrando a realidade que outros fingem não ver. Vânia.
Olá Lu! Primeiramente gostaria de dizer que gostei muitíssimo do seu blog. Parabéns pela brilhante abordagem que você faz em post. Você consegue mesclar conhecimentos distintos com fatos e "babados" do nosso dia-a-dia. Estou deslumbrado e só posso parabenizá-la! Ultimamente to com tempo corrido devido a faculdade, mas vou acompanhar sempre, e apesar de ser um pouco leigo quero registrar sempre que possível minha opinião, sugestões e críticas relacionadas aos assuntos abordados. Super abraço querida! Sucesso e parabéns!!! Lord Gloss.
Cara Luciene. Li seu artigo Hamartía no Jornal Carta Forense e imediatamente me apaixonei por sua forma de escrever, é simplesmente fenomenal. Prova disto para mim foi a forma com que li e reli o texto, ficando a cada leitura mais maravilhado e extasiado. Depois visitei seu Blog e me refestelei de prazer e emoção. Muito obrigado Luciene por existir e compartilhar todo este conhecimento e arte que possui, continue assim, de minha parte te acompanharei, pois agora você ganhou um súdito fiel. JSPinheiro Advogado em São Paulo.
Como sempre, minha querida amiga, fostes de uma clareza e objetividade magnífica, sem, no entanto perder a beleza e a magia da mitologia grega!!! belo artigo! Cérberus.
Luciene, te conheci através dos comentários do Consueloblog, e, frente a seus comentários cheios de vida, conteúdo e luz, não me contive a espiar mais um pouco da sua vida, e parabenizá-la pela figura importante que representa. Tenho apenas 18 anos e ainda galgo meus primeiros degraus na carreira de jornalismo de moda, mas fascinado pela cultura e arte em geral, me pego a ler seus posts e fico extasiado perto de tanta sabedoria! São maravilhosos, assim como todos seus comentários no blog da Consuelo. Obrigado por nos enriquecer sempre com tanta beleza, intensidade e sapienza. Beijos, Mateus.
Olá, Luciene, parabéns pelo blog! Permita-me (como diria meu ex-professor de Filosofia), primeiramente, manifestar meu ente para os vossos sentidos (agora eu existo para sua pessoa, fui desvelado e veiculado através da internet). Chamo-me Manoel Ribeiro e sou estudante de Psicologia em uma faculdade de Olinda, terceiro período. Fiquei ciente do seu blog através de uma amiga e colega de sala, responsável por veiculá-lo na lista de distribuição da turma. Esperamos ansiosamente a segunda parte do artigo sobre o que fundamenta o real. É de tirar o chapéu, a explanação é clara e objetiva. Parabéns e obrigado.
Prudência em Aristóteles: Parabéns, gostei muito, pois ao invés de ver city sem conteúdo, onde não se aproveita nada, esse tipo leitura nos torna mais culturais, aprender nos proteger, pois a maioria de nos jamais usou de prudência em vários casos, até no amor, terminamos mal. Otamir Mendes.
Um prazer ler seus artigos. Agora sim, concordo contigo, a saber: que a fé é particular de cada ser e que tanto o relato de Adão e Eva quanto a teoria evolutiva são artigos de fé. Não entendo, fundamentadamente, porque muitos sujeitam Adão e Eva à categoria de lenda ou alegoria. Eu creio no relato, antes do que a teoria. É a minha fé. Vou ler As 5 Etapas. Fico feliz por sua hospitalidade no blog. Beijo. Ângelo.
Recebo cada um de seus textos como eles o são em verdade: um presente. Desse mês, especialmente, depreendo das entrelinhas, que vem também um acalanto carinhoso. Alem de brilhantes, seus textos tem vida! Abraços, Adrianne.
Luciene, Fiquei muito contente e emocionado com sua página na Internet. Continue escrevendo. Meus parabéns e forte abraço. Theodoro Cambrea Filho.
Maravilhoso! Maneira didática e reveladora de se entender NIETZSCHE em sua essência! Parabéns! Lurdinha Lelo Dore.
Prezada Professora Luciene Felix, Escrevo para parabenizar pelo bem elaborado texto "Nietzsche e o caráter distintivo da nobreza", alegrou meu almoço de hoje. Att. Fábio Caporali.
De fato, o seu blog esta fantástico! Tenho recomendado aos meus alunos para que a acompanhem, pois é de qualidade admirável. Parabéns pelo trabalho!Um grande beijo, Luciana.
Sra. Dra. Luciene, Excelente o artigo sobre Sísifo - filho de Éolo e Enarete, estabelecendo-se, já adulto, em Corinto. Grato pela atenção. Espero por outros trabalhos de sua brilhante inteligência e de muita sabedoria. Obrigado, Gil Alves dos Santos.
Luciene, Adorei seu blog e já o recomendei a várias pessoas. Ouvir os mitos narrados está sendo um prazer enorme! Sou Vera Lúcia, psicóloga clínica (abordagem junguiana). É tão bom, tão valioso, tão, tão... Afinal não encontro a palavra ou as palavras para descrever o que verdadeiramente me ocorre quando percorro suas páginas e cada uma delas me possibilita uma série de reflexões, de aprendizados, de prazer. Parabéns, viu? Quanto trabalho! Quanta beleza! Quanta dedicação! Ainda bem que existem pessoas como você, pois ando meio desanimada com a humanidade... Como agradecer? Só me ocorre desejar "tudo de bom que houver nessa vida" para você e sua família. Com gratidão, Vera Barbosa.
Muito bom dia Luciene! Passei para parabenizá-la pelo fantástico artigo e agradecer pela partilha. Com certeza será útil nos encontros de final de ano. Abraço beijado. Antonio Carlos.
Minha passagem do Ano Novo foi lendo seu blog, me envolvi tanto na leitura que não achei falta de companhia na meia noite, acredita? Adorei. Feliz Ano Novo. Sandra Senne.
Luciene, amei o seu blog! Está maravilhoso. Parabéns! Ana Carolina.
Prezada Luciene. O Blog é de fácil leitura e compreensão. Grato. Marcelo.
Parabéns pela visão diferenciada de ver o mundo, pois acredito que escrevemos aquilo que acreditamos. Francisco Wirtton.
Luciene, Como sempre você foi brilhante! Vou repassar o texto para amigos, Lurdinha.
Parabéns pelo sucesso do blog. Adoro receber seus escritos, me sinto muito honrada. Através de você conheci o Pondé e tantos outros. Grata pela disposição de dividir tanto. Abraços, Marcella.
Luciene, Olá! Muito interessante os artigos. Encontro-me no resgate a estudo na área de filosofia, em especial, a "Formação Pedagógica" e as questões implicadas com a política. Grande abraço, Matary Tayguara.
O amor Cortês é o resultado da cultura de um povo civilizado. Parabéns! Osvaldo Santos.
Muito bom seus artigos, Luciene! Gros bisous, Claudia – Aliança Francesa.
Adorei este artigo Luciene, sempre aprendo muito com seus textos! Beijos e tudo de melhor sempre! Wagner Ramos Vieira Júnior.
Qualquer tipo de elogio é pequeno diante da sua magnífica forma de abordar os temas de seus posts. Parabéns sempre querida! Um abraço e sucesso sempre.
Querida Luciene, Apreciei bastante esse texto. Ele nos traz à luz a virtude da temperança. Temos mesmo dificuldades em cultivá-la, haja vista, os apelos de consumo que nos assoberbam a todo instante. Parabéns pela oportuna reflexão. Abraço fraterno, Yara Milan – Profª de Direito.
Ótimo texto. Parabéns. Com sua permissão, irei discutir o texto em sala. Luiz.
Por Zeus! Esse é o melhor blog que entro em contato em anos! Muito obrigado por existir e tê-lo feito! Infelizmente, quanto mais o leio, mais me arrependo de estar cursando Direito e não Filosofia, embora existam modos de conciliá-los (que ainda não encontrei). De qualquer modo, obrigado novamente. Acabou de ganhar mais um fã!
Related Posts with Thumbnails

ESCOLHA & CLIQUE (leia no topo). Cultura faz bem ao Espírito!

Eis que a Sabedoria reina, mas não governa, por isso, quem pensa (no todo) precisa voltar para a caverna, alertar aos amigos. Nós vamos achar que estais louco, mas sabes que cegos estamos nós, prisioneiros acorrentados à escuridão da caverna.

Abordo "O mito da caverna", de Platão - Livro VII da República.

Eis o télos (do grego: propósito, objetivo) da Filosofia e do filósofo. Agir na cidade. Ação política. Phrônesis na Pólis.

Curso de Mitologia Grega

Curso de Mitologia Grega
As exposições mitológicas explicitam arquétipos (do grego, arché + typein = princípio que serve de modelo) atemporais e universais.

Desse modo, ao antropomorficizarem os deuses, ou seja, dar-lhes características genuinamente humanas, os antigos revelaram os princípios (arché) de sentimentos e conflitos que são inerentes a todo e qualquer mortal.

A necessidade da ordem (kósmos), da harmonia, da temperança (sophrosyne) em contraponto ao caos, à desmedida (hýbris) ou, numa linguagem nietzschiana, o apolíneo versus o dionisíaco, constitui a base de toda antiga pedagogia (Paidéia) tão cara à aristocracia grega (arístois, os melhores, os bem-nascidos posto que "educados").

Com os exponenciais poetas (aedos) Homero (Ilíada e Odisséia), Hesíodo (A Teogonia e O trabalho e os dias), além dos pioneiros tragediógrafos Sófocles e Ésquilo, dispomos de relatos que versam sobre a justiça, o amor, o trabalho, a vaidade, o ódio e a vingança, por exemplo.

O simples fato de conhecermos e atentarmos para as potências (dýnamis) envolvidas na fomentação desses sentimentos, torna-nos mais aptos a deliberar e poder tomar a decisão mais sensata (virtude da prudencia aristotélica) a fim de conduzir nossas vidas, tanto em nossos relacionamentos pessoais como indivíduos, quanto profissionais e sociais, coletivos.

AGIMOS COM MUITO MAIS PRUDÊNCIA E SABEDORIA.

E era justamente isso que os sábios buscavam ensinar, a harmonia para que os seres humanos pudessem se orientar em suas escolhas no mundo, visando atingir a ordem presente nos ideais platônicos de Beleza, Bondade e Justiça.

Estou certa de que a disseminação de conhecimentos tão construtivos contribuirá para a felicidade (eudaimonia) dos amigos, leitores e ouvintes.

Não há dúvida quanto a responsabilidade do Estado, das empresas, de seus dirigentes, bem como da mídia e de cada um de nós, no papel educativo de nosso semelhante.

Ao investir em educação, aprimoramos nossa cultura, contribuimos significativamente para que nossa sociedade se torne mais justa, bondosa e bela. Numa palavra: MAIS HUMANA.

Bem-vindos ao Olimpo amigos!

Escolha: Senhor ou Escravo das Vontades.

A Justiça na Grécia Antiga

A Justiça na Grécia Antiga

Transição do matriarcado para o patriarcado

A Justiça nos primórdios do pensamento ocidental - Grécia Antiga (Arcaica, Clássica e Helenística).

Nessa imagem de Bouguereau, Orestes (Membro da amaldiçoada Família dos Atridas: Tântalo, Pélops, Agamêmnon, Menelau, Clitemnestra, Ifigênia, Helena etc) é perseguido pelas Erínias: Vingança que nasce do sangue dos órgãos genitais de Ouranós (Céu) ceifado por Chronos (o Tempo) a pedido de Gaia (a Terra).

O crime de matricídio será julgado no Areópago de Ares, presidido pela deusa da Sabedoria e Justiça, Palas Athena. Saiba mais sobre o famoso "voto de Minerva": Transição do Matriarcado para o Patriarcado. Acesse clicando AQUI.

Versa sobre as origens de Thêmis (A Justiça Divina), Diké (A Justiça dos Homens), Zeus (Ordenador do Cosmos), Métis (Deusa da presciência), Palas Athena (Deusa da Sabedoria e Justiça), Niké (Vitória), Erínias (Vingança), Éris (Discórdia) e outras divindades ligadas a JUSTIÇA.

A ARETÉ (excelência) do Homem

se completa como Zoologikon e Zoopolitikon: desenvolver pensamento e capacidade de viver em conjunto. (Aristóteles)

Busque sempre a excelência!

Busque sempre a excelência!

TER, vale + que o SER, humano?

As coisas não possuem valor em si; somos nós que, através do nôus, valoramos.

Nôus: poder de intelecção que está na Alma, segundo Platão, após a diânóia, é a instância que se instaura da deliberação e, conforme valores, escolhe. É o reduto da liberdade humana onde um outro "logistikón" se manifesta. O Amor, Eros, esse "daimon mediatore", entre o Divino (Imortal) e o Humano (Mortal) pode e faz a diferença.

Ser "sem nôus", ser "sem amor" (bom daimon) é ser "sem noção".

A Sábia Mestre: Rachel Gazolla

A Sábia Mestre: Rachel Gazolla

O Sábio Mestre: Antonio Medina Rodrigues (1940-2013)

O Sábio Mestre: Antonio Medina Rodrigues (1940-2013)

Você se sentiu ofendido...

irritado (em seu "phrenas", como diria Homero) ou chocado com alguma imagem desse Blog? Me escreva para que eu possa substituí-la. e-mail: mitologia@esdc.com.br